Diretoria do SindusCon-SP destaca-se na imprensa nacional e regional

Daniela Barbará

Por Daniela Barbará

Diretoria do SindusCon-SP destaca-se na imprensa nacional e regional

Em recente editorial, o presidente do SindusCon-SP, Odair Senra, defendeu que não é mais hora de realizar a reforma tributária. De acordo com Senra, assim como o fez nos últimos 30 anos, o SindusCon-SP seguirá apoiando uma reforma amplamente discutida entre Executivo, Legislativo e a sociedade, com argumentos e fundamentos sólidos, que eleve a arrecadação pela via do estímulo ao investimento  e à formalização das empresas, ampliando a base de contribuintes e  gerando emprego, renda e desenvolvimento econômico, social e ambiental.

Até o momento, o editorial foi publicado na imprensa no Jornal Radar RMC, no Jornal Radar C e no Diário Campineiro. A íntegra do artigo está disponível aqui.

O vice-presidente de Economia do SindusCon-SP, Eduardo May Zaidan concedeu entrevista para a edição do dia 16 de novembro do Jornal das Dez da GloboNews em uma matéria sobre o emprego no setor da construção civil e as expectativas para o final do ano.

Zaidan também conversou na Rádio Band News FM sobre a retomada econômica no dia 11 de novembro.

O vice-presidente do SindusCon-SP, Francisco Antunes Vasconcellos Neto, colaborou para a matéria sobre “Mercado imobiliário aprimora conceitos de moradia sustentável” no telejornal TEM Notícias 2ª Edição – Bauru/Marília no dia 8 de outubro. Assista aqui.

Na matéria intitulada “AIE alerta: setor deve reduzir emissões de CO2 em 50% até 2050” o jornal Valor Econômico destacou a eficiência da CECarbon: “No final de 2020, o SindusCon-SP lançou a Calculadora e Consumo Energético e Emissões de Carbono na Construção Civil (CECarbon), ferramenta online para ajudar o setor de edificações a mensurar o consumo energético e as emissões de gases do efeito estufa (GEE) decorrentes do uso de materiais, de transportes e do consumo de energia para execução de uma obra. O trabalho foi desenvolvido em parceria com a Agência Alemã para a Cooperação Internacional (GIZ) e empresas associadas ao SindusCon-SP. Ferramentas como essa são essenciais, pois o inventário e o cálculo de emissão de carbono são o primeiro passo para que se possa ter um diagnóstico detalhado”, informou em 28 de outubro.

Além disso, na matéria “Prefeitura de São Paulo define limites para barulho de obras na cidade” da edição de 29 de setembro do jornal O Estado de S. Paulo, Fabio Villas Bôas, coordenador do Comitê de Meio Ambiente (Comasp) disse compreender a necessidade da medida, principalmente em meio ao aumento do trabalho remoto por causa da pandemia, mas afirma que o setor tem preocupações. “Se tivermos um nível grande de reclamações e autuações, teremos de rediscutir a norma”, avalia.

O representante da regional de Santos, Lucas Muniz, tratou do mercado imobiliário local e expectativas para próximos meses e pós-pandemia no caderno especial da Tribuna de Santos. As matérias estão disponíveis aqui e aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você precisa saber.
As últimas novidades sobre o mercado,
no seu e-mail todos os dias.

Skip to content