Legislação

Dependências de empregado doméstico têm requisitos mínimos

Lei introduziu acréscimo nas diretrizes de política urbana do Estatuto da Cidade

Por Rafael Marko 09/08/2018 12:34:40

O Estatuto da Cidade (Lei 10.257/2001) ganhou uma nova diretriz de política urbana: a “garantia de condições condignas de acessibilidade, utilização e conforto nas dependências internas das edificações urbanas, inclusive nas destinadas à moradia e ao serviço dos trabalhadores domésticos, observados requisitos mínimos de dimensionamento, ventilação, iluminação, ergonomia, privacidade e qualidade dos materiais empregados”.

Esta diretriz foi acrescentada pela Lei 13.699, de 2 de agosto (DOU de 3/8/2018), que entretanto não fixa objetivamente os parâmetros de observância das referidas condições condignas nem dos mencionados requisitos mínimos.

A lei, sancionada pelo presidente Michel Temer, tem origem no Projeto de Lei do Senado 212/08, do senador Cristovam Buarque (PPS-DF), aprovado no Senado em 2016 e votado sem modificações na Câmara dos Deputados em julho de 2018.









Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br