SindusCon-SP manteve-se ao lado dos associados mesmo em tempos de pandemia 

Daniela Barbará

Por Daniela Barbará

SindusCon-SP manteve-se ao lado dos associados mesmo em tempos de pandemia 

A área de Relações Capital-Trabalho e Responsabilidade Social do SindusCon-SP manteve-se ao lado dos associados mesmo em tempos de pandemia quando os eventos presenciais foram cancelados.

Dado a importância nesse tempo de pandemia e a necessidade da prevenção ao novo Coronavírus, os técnicos em Segurança no Trabalho do Programa SindusCon-SP de Segurança (PSS) desenvolveram ações auxiliares para as construtoras, que impactaram 93.773 trabalhadores.  O PSS atende empresas associadas que possuem canteiros de obra no Estado de São Paulo, disponibilizando para esse trabalho 11 Técnicos de Segurança, sendo dois na Sede e nove distribuídos nas Regionais da entidade.

O programa aplicou em 143 empresas todo o Estado de São Paulo- por meio de 1547 visitas presenciais com segurança e remotas – um check list que orientou as empresas e os trabalhadores em relação aos cuidados a serem tomados para evitar a contaminação pelo novo vírus e, também, como rotineiramente já ocorre, orientou quanto à segurança no trabalho.

O SindusCon-SP desenvolve uma multiplicidade de ações relacionadas à Segurança do Trabalho, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida nos canteiros de obra, buscando a integração, conscientização e homogeneização de informações para o setor da construção civil.

As informações sobre os programas da área de responsabilidade social estão disponíveis com Mayara Barbosa no email MBarbosa@sindusconsp.com.br. Saiba mais sobre eles:

MegaSipat

Em 2019, a área foi responsável por uma série de ações e ao todo, 83.223 trabalhadores da construção participaram das ações: MegaSipat, ConstruSer, Programa de Segurança do SindusCon-SP (PSS) e Programa de Elevação de Escolaridade.

A 20ª edição da MegaSipat – Mega Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, realizada em 2019, teve como tema central “Saúde e Segurança do Trabalho”, e contou com 1.614 trabalhadores da construção e voluntários. Organizado pelo SindusCon-SP, em parceria com Seconci-SP, Sesi-SP e Senai-SP, o maior evento de SST (Segurança e Saúde do Trabalho) da construção paulista seguiu no ano por 12 municípios do Estado de São Paulo. Os participantes passaram pelo Show da Sipat, uma dinâmica do Senai-SP com o objetivo de reforçar e ampliar os conhecimentos sobre segurança do trabalho nos canteiros de obras.

A equipe do Seconci-SP foi responsável por exames clínicos preventivos – acuidade visual, glicemia e pressão arterial – e pelo Quiz Saúde, uma dinâmica que orientará sobre temas como higiene pessoal e geral; dengue; saúde do homem e da mulher; drogas lícitas e ilícitas; doenças sexualmente transmissíveis; saúde mental; inclusão da pessoa com deficiência e a importância da vacinação de crianças e adultos.

O Sesi-SP abordou o tema “Montando a Marmita Saudável”, dando orientações sobre as escolhas mais salutares na refeição principal do dia e ensinando a proporção adequada de cada grupo alimentar na marmita. A entidade também promoveu uma atividade lúdica de estímulo à inclusão social das pessoas com deficiência e montou uma oficina de artesanato para a confecção de porta-talheres.

ConstruSer 2019

Ainda em 2019, mais de 19 mil pessoas em dez cidades do Estado de São Paulo se reuniram na 12ª edição do ConstruSer – Encontro Estadual da Construção Civil em Família, maior evento anual de responsabilidade social da construção paulista. O evento proporcionou um dia de lazer, serviços, atividades educacionais e de geração de renda aos trabalhadores da construção e a seus familiares e amigos no estado de São Paulo. O tema da edição de 2019 foi “Família, trabalho e lazer – Construindo um Futuro Melhor”.

Esta edição foi realizada simultaneamente em Osasco, para os trabalhadores da capital, e em Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André (para o ABCD), Cubatão (para a Baixada Santista), São José do Rio Preto, São José dos Campos (para o Vale do Paraíba e o Alto Tietê) e Votorantim (para Sorocaba).

Programa de Elevação de Escolaridade

O SindusCon-SP, em parceria com o Sesi-SP, realiza o Programa de Elevação de Escolaridade, com o objetivo de capacitar educacionalmente os trabalhadores em canteiros de obra indicados pelas empresas associadas ao sindicato, referente aos primeiros anos do ensino fundamental (1º ao 5º ano).

O programa é realizado desde 2010 em todo o Estado de São Paulo para atendimento às empresas associadas ao SindusCon-SP e/ou contribuintes das entidades parceiras, como o Serviço Social da Construção de São Paulo (Seconci-SP).

Como pré-requisito é necessário que os trabalhadores tenham mais de 18 anos e que não tenham concluído até o 5º ano do ensino fundamental ou não alfabetizados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você precisa saber.
As últimas novidades sobre o mercado,
no seu e-mail todos os dias.

Skip to content