Produtividade

SindusCon-SP e Produtime desenvolvem Programa Mais Produtividade

Serão realizados diagnósticos de produtividade na execução de estruturas de concreto em edifícios em São Paulo

Por Enzo Bertolini 24/07/2018 13:52:50

Ciente da necessidade de se discutir e ampliar a produtividade da construção no Brasil, o SindusCon-SP, em parceria com a Produtime, deu início ao desenvolvimento do Programa Mais Produtividade.

A proposta é a realizar diagnósticos de produtividade na execução de estruturas de concreto de edifícios em São Paulo, incluindo a discussão dos três principais serviços envolvidos em sua produção: fôrmas, armação e concretagem.

Coordenado conjuntamente pelo vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, Jorge Batlouni Neto, e os engenheiros da Produtime, Ubiraci Espinelli Lemes de Souza e Felipe Germano Morasco, o Mais Produtividade conta com o apoio da ArcelorMittal, Supermix e Engemix.

Segundo o vice-presidente do SindusCon-SP, o programa coloca em contato importantes fornecedores desta área procurando fomentar uma interação ganha-ganha com os construtores. “O SindusCon-SP tem um papel central na discussão da produtividade, na detecção e no incentivo de novos caminhos para sua melhoria. Este programa vai ser muito importante para as empresas participantes e ao setor como um todo.”

Para Souza, “este trabalho tem por objetivos a busca pelo entendimento da variação da produtividade e o estímulo às empresas para continuamente monitorarem suas produtividades e tomarem decisões com base em tais informações”.

Serão quatro ciclos de análises e debates ao longo de um ano, com coleta de dados nos canteiros, discussões com as empresas e construtoras participantes e apresentados dos dados finais em reuniões abertas.

Ao final do trabalho será disponibilizado um manual completo com os dados coletados pelo programa.

Primeiro ciclo
IMG_9893No início de maio, o SindusCon-SP recebeu os participantes do Programa Mais Produtividade para apresentação e discussão dos indicadores de produtividade levantados em obras de associados do sindicato ao longo do primeiro ciclo.

As construtoras e fornecedores participantes do programa forneceram informações para uma análise detalhada da produtividade na execução de andares tipo em quatro obras diferentes nos serviços de fôrmas, armação e concretagem, totalizando 31 pavimentos estudados.

Embora lidando com tipologias semelhantes de edificações, encontraram-se variações relevantes de produtividade. No caso das fôrmas, por exemplo, detectaram-se valores variando 106% do menor para o maior valor de RUP (Razão Unitária de Produção).

A RUP é um dos principais indicadores de produtividade utilizados pelas construtoras e representa o número de homens-hora necessário para executar um metro quadrado de alguma atividade, como pintura, alvenaria, revestimento etc. Quanto mais alto for o valor da RUP, menor é a produtividade da mão de obra.

Segundo o estudo do SindusCon-SP “Produtividade na Construção”, em 2003 a produtividade setorial no Brasil era 32,5% inferior à média da economia do país. Esse diferencial se manteve até 2013, ainda que com oscilações, tendo chegado a 31,7% em 2013.

Por sua vez, o diferencial em relação aos países desenvolvidos pode ser bem percebido na comparação com a produtividade americana: em 2013, a mão de obra na construção brasileira alcançou apenas 20% da produtividade nos EUA.

Como participar
Os associados do SindusCon-SP podem submeter suas obras para serem estudadas pelo Programa Mais Produtividade. Estas precisam usar estrutura de concreto armado ou protendido e estarem na fase de execução dos pavimentos tipo.

A escolha das obras para o 3º ciclo está se iniciando, sendo que teremos ainda mais dois ciclos (3º = de agosto a outubro de 2018; e 4º = de novembro de 2018 a janeiro de 2019).

As empresas e seus funcionários também podem participar comparecendo às reuniões abertas (a próxima está agendada para 2 de agosto de 2018) e agregando-se ao grupo sendo formado para constituir o núcleo da discussão do tema no SindusCon-SP.

Mais informações no e-mail rpetronilo@sindusconsp.com.br.

OBRA 11
Edifício residencial com 23 pavimentos tipo;
Área do pavimento tipo: 460 m²
Área do terreno: 2.319 m²

Obra 11

 

 

 

 

 

 

 

OBRA 12
Edifício residencial com 22 pavimentos tipo;
Área do pavimento tipo: 223 m²;
Área do terreno: 1.370 m²

Obra 12

 

 

 

 

 

 

 

 


OBRA 13

Edifício residencial com 28 pavimentos tipo;
Área do pavimento tipo: 806 m²;
Área do terreno: 3.320 m².

Obra 13

 

 

 

 

 

 

 

OBRA 14
Edifício residencial com 25 pavimentos tipo;
Área do pavimento tipo: 372 m²;
Área do terreno: 3.289 m².

Obra 14









Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br