Responsabilidade Social

SindusCon-SP define apoio ao programa Parceiros da Cidade – Mão Amiga da Prefeitura de Campinas

Junto ao Senai-SP e UniMetrocamp serão ofertados cursos de pedreiro e ajudante e posterior encaminhamento ao mercado de trabalho

Por Enzo Bertolini 20/04/2018 16:55:35

Parceria SindusCon-SP e Prefeitura de CampinasA prefeitura de Campinas entregou nesta quinta-feira (19) a nova sede do programa Parceiros da Cidade – Mão Amiga, no Lago do Café. O programa oferece oportunidade de trabalho para que pessoas em situação de rua possam abandonar essa condição e voltar para o convívio familiar e social.

A nova sede tem aproximadamente 4 mil m² onde os alunos realizarão atividades complementares ao curso de jardinagem como execução de projeto paisagístico, criação de horta orgânica e pomar.

“A ideia é aumentar o programa que está na terceira turma e já atendeu 84 pessoas. Com o novo espaço, o programa será mais qualificado e haverá ampliação para a área de construção civil. A participação no programa não é forçada, mas um trabalho de convencimento e recuperação da vida dos alunos por meio do trabalho”, disse.

O SindusCon-SP, por meio da sua Regional em Campinas, e o Senai-SP definiram apoio para a nova etapa do programa Mão Amiga. As duas entidades serão responsáveis pela formação de pedreiros e ajudantes. Segundo o diretor regional, Márcio Benvenutti, as duas entidades já formam mais de 3 mil pedreiros por ano.

Os educadores para esta nova etapa serão selecionados junto à UniMetrocamp por meio dos cursos de Engenharia e Arquitetura. “Ter a iniciativa privada e a universidade trabalhando em conjunto com o poder público no resgate de pessoas, com geração de emprego e renda, é maravilhoso”, acrescenta Benvenutti.

Assim que começar a qualificação na área da construção civil, a Cohab e o SindusCon-SP farão parceria com empresas prestadoras de serviços para que absorvam esses trabalhadores.

Resgate
41562838141_7032db0a05_kO bolsista Marcos Cesar de Góes, de 43 anos, é integrante da segunda turma e está há dois meses no programa e tem conseguido manter-se longe do vício do álcool. “É uma terapia, ocupo meu tempo e aprendo a fazer jardinagem, a conhecer os nomes das flores, das árvores e a cuidar delas”, contou.

Góes morava nas ruas há três anos e está atualmente em uma casa de passagem, mantida por uma comunidade terapêutica conveniada da Prefeitura. Ele foi um dos bolsistas a receberam o certificado de formação no curso de jardinagem ao final do evento, entregue pela secretária Eliane Jocelaine e por Claudia Spinella, professora do programa, servidora da Secretaria de Educação.









Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Rua Dona Veridiana, 55

Santa Cecília,

São Paulo,

01238-010

(11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br