Senra e Cury recebem representantes da Caixa

Daniela Barbará

Por Daniela Barbará

Senra e Cury recebem representantes da Caixa

O presidente do SindusCon-SP, Odair Senra e o vice-presidente de Habitação do SindusCon-SP e coordenador do Comitê de Habitação Popular (CHP) da entidade, Ronaldo Cury receberam o superintendente executivo de Habitação da Caixa, Marcos Renato Matsuda de Melo e a gerente de carteira Pessoa Jurídica SEH São Paulo, Jaqueline Dantas Rodrigues.

Senra ressaltou no encontro a importância da Caixa para o setor de construção civil não só no Estado de São Paulo como em todo o território nacional. “A Caixa é o coração da habitação no país”, afirmou.

Cury destacou a importância da parceria entre a entidade e a instituição bancária nas principais discussões sobre habitação, habitação popular e Habitação de Interesse Social (HIS) e seus programas, como o Pode Entrar, que visa impulsionar a produção de unidades de interesse social no município, e o estadual Casa Paulista.

O vice-presidente sugeriu o estabelecimento de um programa Ponto de Controle institucional com uma agenda compartilhada mútua. “O objetivo estratégico é termos uma agenda periódica com ênfase nos diálogos com setores responsáveis por políticas habitacionais, instituições financeiras, concessionárias de serviços e órgãos de aprovação de projetos etc”.

Cury também convidou os representantes da Caixa para participarem das reuniões mensais do CHP, grupo de trabalho que discute problemas e soluções que impactam o setor de habitação. Ele possui um calendário permanente de ações por meio de grupos de trabalho em áreas como desburocratização e agilização de licenciamentos, padronização de exigências de especificações de Habitação de Interesse Social, tecnologia e qualidade em obras de moradias populares e fontes de financiamento para o setor.

O superintende executivo da Caixa afirmou que nos últimos meses os números de contratações cresceram e a expectativa é que tenha um aumento ainda maior de contratações nos módulos pessoa física até o final do ano. “Isso mostra que existe mercado e que o setor tem apetite”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você precisa saber.
As últimas novidades sobre o mercado,
no seu e-mail todos os dias.

Skip to content