Capital Trabalho

Seconci-SP orienta sobre saúde ocular

Entidade recomenda uso de óculos de proteção e colírio lubrificante nos canteiros de obras

Por Seconci 11/07/2019 13:28:56

Há mais de 1,2 milhão de pessoas cegas no Brasil, segundo o IBGE. Já a Organização Mundial de Saúde estima que entre 60% e 80% dos casos de cegueira são evitáveis e/ou tratáveis. Por ocasião do Dia Mundial da Saúde Ocular, ocorrido em 10 de julho, o Seconci-SP (Serviço Social da Construção Civil) destaca algumas medidas de prevenção às principais enfermidades que causam perda de visão.

Para os trabalhadores da construção, que realizam sua atividade nos canteiros de obras expostos ao sol, a dra. Helisângela Esteves Mendes, oftalmologista do Seconci-SP, salienta a importância do uso do Equipamento de Proteção Individual (EPI). Os óculos de proteção bloqueiam a incidência dos raios solares diretamente nos olhos, evitando queimaduras nas retinas, e impedem a entrada de fagulhas, ciscos e poeira no globo ocular.

A oftalmologista recomenda o uso de lubrificante ocular nos períodos do ano como o atual, em que o ar está mais seco. A queda da umidade pode ressecar os olhos e o uso deste colírio evita ardência e vermelhidão que levam a pessoa a coçar os olhos com as mãos sujas, levando a infecções.

Prevenção

Segundo a dra. Helisângela, os cuidados com a visão começam no ventre materno. “No pré-natal já é possível detectar doenças que podem até provocar cegueira, como a rubéola e a toxoplasmose”, diz.

Após o nascimento, aplica-se na maternidade nitrato de prata para prevenir a conjuntivite gonocócica, que pode ser transmitida pela mãe durante o parto. Outro procedimento é o Teste do Olhinho, para diagnosticar se há catarata, glaucoma congênito ou um tumor.

Até os 5 anos de idade a visão se consolida, por isso é muito importante o acompanhamento médico periódico para a prevenção de enfermidades como o estrabismo (desvio dos olhos), comum neste período.

Entre 6 e 12 anos, realizam-se os exames oftalmológicos visando detectar doenças com miopia, hipermetropia, astigmatismo e ambliopia (quando um olho desenvolve a visão e o outro não).

Celular e computador

Entre os 13 e 20 anos, a dra. Helisângela recomenda consultar o oftalmologista anualmente para a detecção de problemas como a ceratocone (curvatura da córnea), que pode ser hereditária ou causada por se coçar muito os olhos, e a miopia, cujos casos têm aumentado em virtude do uso excessivo do celular e do tablet.

“O manuseio prolongado de computadores, tablets e celulares é muito prejudicial aos olhos. Por isso, no caso de adolescentes, a recomendação é que usem no máximo uma hora por dia. Já para adultos que trabalham com estes equipamentos, o ideal é fazerem uma pausa de no mínimo 30 segundos a cada 60 minutos para descansar a vista”, recomenda.

Entre os 20 e 40 anos, os trabalhadores precisam estar atentos para a detecção do glaucoma, uma doença crônica e silenciosa caracterizada por uma elevação da pressão intraocular e que pode levar à perda total da visão. O diagnóstico é realizado pelo oftalmologista, por meio do Exame do Fundo de Olho e pela Tonometria, que mede a pressão ocular.

A partir dos 40 anos, de acordo com o especialista, o glaucoma e a vista cansada são os fatores que demandam especial atenção aos trabalhadores. “No caso das mulheres, há ainda a recorrência do chamado Olho Seco em virtude do período da menopausa, fase onde o corpo feminino diminui da lubrificação”, complementa.

Por isso, nesta fase, a especialista do Seconci-SP destaca ser muito importante que as pessoas realizem as consultas preventivas ao oftalmologista anualmente, mesmo que não sintam incômodo na visão. No Seconci-SP, além dos profissionais médicos adequados, os pacientes têm à disposição todos os equipamentos necessários para a realização dos exames.









Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br