Seconci-SP aumenta para 15 milhões o número de atendimentos em 2019

Publieditorial Seconci

Por Publieditorial Seconci

Seconci-SP aumenta para 15 milhões o número de atendimentos em 2019

AF LOGO SECONCIO Seconci-SP (Serviço Social da Construção) realizou em 2019 cerca de 15 milhões de atendimentos em saúde, odontologia e serviço social, prestados em todo o Estado de São Paulo – um incremento de 10%, na comparação com 2018.

Deste total, 1,6 milhão de atendimentos foi realizado nas unidades próprias da entidade, voltadas aos trabalhadores da construção civil paulista e seus familiares. Os outros 13,4 milhões aconteceram nas unidades das redes públicas de saúde estadual e paulistana que o Seconci-SP administra, na qualidade de Organização Social de Saúde (OSS).

“Em função do crescimento significativo da demanda, ampliamos para cerca de 14.800 o número de nossos colaboradores (aumento de 14%), dos quais 3.300 médicos”, relata o presidente do Seconci-SP, Haruo Ishikawa.

Destaques

Mesmo tendo conquistado diversas certificações de excelência no atendimento em saúde, o Seconci-SP iniciou um programa visando elevar ainda mais a segurança assistencial aos pacientes atendidos nas unidades próprias e administradas. A iniciativa é dividida em seis metas alinhadas às diretrizes internacionais da Organização Mundial de Saúde: Identificação Correta; Comunicação Efetiva; Segurança em Medicamentos de Alta Vigilância; Cirurgia Segura; Reduzir Riscos de Infecção e Evitar Dano por Queda.

A entidade também ampliou a atuação de sua Área de Engenharia Clínica, responsável pela gestão do parque tecnológico da instituição, garantindo que todos os equipamentos eletromédicos, como eletrocardiógrafos, monitores de sinais vitais e desfibriladores, funcionem corretamente, evitando diagnósticos imprecisos ou incorretos.

ATIVIDADES VOLTADAS À CONSTRUÇÃO CIVIL EM 2019

Em suas 13 unidades próprias na capital, litoral e interior paulista, o Seconci-SP disponibiliza, aos trabalhadores das empresas da construção paulista e seus familiares, atendimentos ambulatoriais em 21 especialidades médicos e odontológicos. Realiza exames laboratoriais, de imagem e de métodos gráficos, e atendimentos de fonoaudiologia, nutrição, serviço social, enfermagem e fisioterapia. Oferece assessoria em medicina ocupacional e saúde e segurança do trabalho. E presta serviços de prevenção e assistência social.

Ação no setor

O vice-presidente de Relações Capital-Trabalho do SindusCon-SP e presidente do Seconci-SP (Serviço Social da Construção), Haruo Ishikawa
O vice-presidente de Relações Capital-Trabalho do SindusCon-SP e presidente do Seconci-SP (Serviço Social da Construção), Haruo Ishikawa

• NR 18 – O presidente do Seconci-SP, Haruo Ishikawa, representou a indústria brasileira da construção na revisão e na simplificação da NR 18 – Condições de Saúde e Segurança no Trabalho na Indústria da Construção.

Premiações

• 6º Prêmio Seconci-SP de Saúde e Segurança do Trabalho – As empresas de construção civil que implementaram em seus canteiros de obras as melhores práticas nas áreas de saúde e segurança do trabalho e gerenciamento ambiental no entorno da obra foram reconhecidas no 6º Prêmio Seconci-SP de Saúde e Segurança do Trabalho. Os nomes das 9 empresas responsáveis pelos 18 canteiros de obras premiados, do Trabalhador Modelo e da Personalidade do Ano, foram divulgados em solenidade que contou com a participação mais de 300 pessoas, entre empresários, trabalhadores e profissionais dos setores de saúde e construção.

Outras novidades

• Modernização da área odontológica – o Seconci-SP está adquirindo um novo equipamento que tornará os tratamentos de canal mais rápidos e precisos e menos incômodos.

• Curso de Cuidadores de Idoso – Diante do envelhecimento populacional crescente e da elevada demanda por profissionais para esta área, a entidade, em parceria com o Associação Paulista Ampliar, lançou um treinamento gratuito de formação em Cuidadores de Idoso para Atuação Domiciliar.

• Treinamento para trabalho em altura – Em virtude dos riscos no trabalho em altura, o Seconci-SP inovou no treinamento: além da parte teórica, todos os funcionários treinados colocam em prática a técnica de auto-resgate.

• Saúde mental – Renovaram-se as atividades do Grupo de Apoio e Orientação no Tratamento Ambulatorial para Dependência Química, focado no auxílio de trabalhadores que desejam abandonar o uso de drogas lícitas e ilícitas, e do Grupo Social de Apoio, voltado ao tratamento de transtornos como depressão e a ansiedade.

Estudos

• O estudo anual do Iepac (Instituto de Ensino e Pesquisa Armênio Crestana) do Seconci-SP relevou que a proporção de atestados emitidos nos atendimentos médicos aos trabalhadores da construção civil reduziu-se de 12,8% em 2017 para 9,8% em 2018. Dores nas costas, juntas e inflamações (ombro, juntas e tendão) seguem como as principais causas para a ausência ao trabalho, com 30,4%, conservando o mesmo índice verificado em 2017.

Campanhas

• 12º ConstruSer – O Seconci-SP, junto com SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção), Fiesp, Sesi-SP e Senai-SP realizou o 12º ConstruSer – Encontro Estadual da Construção Civil em Família. Considerado o maior evento de responsabilidade social da construção paulista reuniu cerca de 20 mil pessoas em dez municípios do Estado.

• 20ª Megasipat – Mega Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho – A entidade participou do evento com ações de saúde, de caráter preventivo e educativo. Organizado pelo SindusCon-SP em 11 municípios do Estado de São Paulo, a ação é o maior evento anual de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) da indústria da construção paulista.

Investimentos

Em 2019, a entidade realizou uma série de investimentos em suas unidades próprias. Novos equipamentos médicos, de informática e telecomunicações foram adquiridos, realizaram-se obras de reforma e houve renovação de mobiliário.

Ishikawa destaca que em 2020 a construção civil deverá voltar a crescer, com a retomada dos investimentos em infraestrutura e construção imobiliária. Isso acarretará um aumento no nível de emprego dos trabalhadores do setor, aumentando novamente a demanda pelos serviços do Seconci-SP.

Em consequência, a entidade elevará seus investimentos, instalando uma nova unidade regional no interior de São Paulo e prosseguindo na modernização e aquisição de novos equipamentos médicos, de informática e telecomunicações, além de realizar mais reformas e renovações de mobiliário.

ATIVIDADES NA ADMINISTRAÇÃO DAS UNIDADES DA REDE PÚBLICA EM 2019

No serviço público, a OSS Seconci-SP administra 64 unidades das redes do Estado e do Município de São Paulo e participa em mais de 20 serviços de saúde do Município. Entre as unidades estão 5 hospitais estaduais.

Novas unidades

• Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Infantojuvenil II Ermelino Matarazzo – O prefeito Bruno Covas inaugurou em janeiro, ao lado do secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, e de Haruo Ishikawa, o Caps II Ermelino Matarazzo, administrado pelo Seconci-SP. A nova unidade conta com 29 profissionais e tem como meta mensal oferecer atendimento de qualidade em saúde mental para até 300 crianças e adolescentes, com idade até 18 anos.

• UBS reinaugurada: Com a presença do secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Granada, administrada pela SAS/Seconci-SP, foi reinaugurada e entregue à população com diversas melhorias, em 23 de dezembro.

Certificações

• Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Bourroul – Obteve em janeiro a Acreditação Nível Plena (nível 2), concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Localizada no centro da capital paulista, a AME Bourroul oferece atendimento em 15 especialidades médicas, além de uma série de exames clínicos.

• Serviço Estadual de Diagnósticos por Imagem (Sedi) II – Recebeu a Certificação ISO 9001:2015. Instalada em área anexa ao Ambulatório Médico de Barradas, o Sedi II emite laudos de exames médicos em até 4 horas, 24 horas por dia, 7 dias na semana.

• Hospital Estadual Vila Alpina (Heva) – A unidade renovou por mais três anos sua acreditação Qmentum International IQG (antes denominada Accreditation Canada), em seu nível máximo de excelência: Diamante. A instituição havia conquistado a certificação em 2016.

Programas de Residência Médica

• Visando ampliar a forma a formação de médicos especialistas para o SUS e disponibilizar o padrão de excelência de seus hospitais para o ambiente de ensino e formação, o Seconci-SP abriu 58 vagas para o seu Programa de Residência Médica, em 10 especialidades, distribuídas em quatro dos hospitais públicos administrados pela entidade – Hospital Estadual Vila Alpina, Hospital Estadual de Sapopemba, Hospital Geral de Itapecerica da Serra e Hospital Regional de Cotia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O que você precisa saber.
As últimas novidades sobre o mercado,
no seu e-mail todos os dias.

Skip to content