Capital Trabalho

Indústria da construção segue sem restrição em São Paulo

Decreto estadual estende a quarentena até 22 de abril

Por Rafael Marko 07/04/2020 09:31:16

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, estendeu até 22 de abril o prazo de quarentena em decorrência da pandemia de Covid-19, por meio do Decreto 64.920, de 6 de abril (DOE de 7/4/2020).

O decreto não traz restrição à atividade da indústria da construção. Seguem suspensos o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços, especialmente em casas noturnas, “shopping centers”, galerias e estabelecimentos congêneres, academias e centros de ginástica, ressalvadas as atividades internas; e o consumo local em bares, restaurantes, padarias e supermercados.

Continuam fora da quarentena as atividades essenciais de:

  • saúde: hospitais, clínicas, farmácias, lavanderias e serviços de limpeza e hotéis;
  • alimentação: supermercados e congêneres, bem como os serviços de entrega (delivery) e drive thru de bares, restaurantes e padarias;
  • abastecimento: transportadoras, postos de combustíveis e derivados, armazéns, oficinas de veículos automotores e bancas de jornal; segurança: serviços de segurança privada;
  • demais atividades relacionadas no § 1º do artigo 3º do Decreto federal 10.282, de 20 de março, inclusive a fiscalização do trabalho.

 









Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br