Capital Trabalho

Entidades unem-se para cuidar da saúde dos trabalhadores

Vídeo e cartaz para canteiro de obra são frutos dessa parceria

Por Daniela Barbará 26/03/2020 17:38:17

As entidades da construção uniram-se em favor da saúde dos trabalhadores, da empregabilidade e da atividade do setor. O SindusCon-SP tem participado ativamente desta articulação.

Acabou de ser produzido e estamos divulgando um vídeo estratégico que defende aqueles três aspectos, e sugerimos que você o viralize para seus trabalhadores, suas redes de contatos e os governantes e políticos com os quais tenha contato.

O vídeo está disponível aqui 

Leia abaixo a íntegra de comunicado enviado aos associados do SindusCon-SP:

Precisamos persistir no cuidado com a saúde dos trabalhadores, na empregabilidade e na atividade da construção

Prezado (a) Associado (a):

As entidades da construção uniram-se em favor da saúde dos trabalhadores, da empregabilidade e da atividade do setor. O SindusCon-SP tem participado ativamente desta articulação. Acabamos de produzir e estamos divulgando um vídeo estratégico que defende aqueles três aspectos, e sugerimos que você o viralize para seus trabalhadores, suas redes de contatos e os governantes e políticos com os quais tenha contato. O vídeo está disponível aqui.

Entramos em um período decisivo para a contenção da epidemia. Recomendamos fortemente às empresas que reforcem a observância estrita das medidas adotadas até o momento pela preservação da saúde, entre outras: medição de temperatura antes do ingresso nos canteiros, higienização frequente das mãos e dos EPIs, limitação de pessoas em elevadores e cremalheiras, aumento de turnos de café da manhã e almoço para evitar aglomerações, e trabalho remoto para o pessoal administrativo.

Reforçamos a recomendação para que os folhetos e os cartazes produzidos pelo SindusCon-SP junto com o Seconci-SP e o Sintracon-SP sejam distribuídos aos trabalhadores e afixados nos canteiros de obras. Da mesma forma, divulgamos a arte de um cartaz para ser afixado nas partes externas das obras, informando a população sobre as medidas adotadas para a preservação da saúde.

As empresas da capital e de mais dez municípios da região também podem se valer das medidas trabalhistas acertadas com o Sintracon-SP, no aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho firmado ainda antes da entrada em vigor da Medida Provisória 927, que traz medidas semelhantes: possibilidade de concessão de férias individuais ou coletivas, concessão de licenças, redução de jornada de trabalho e de salário com garantia de estabilidade no emprego etc. O SindusCon-SP está conversando com outras entidades de trabalhadores da construção do Interior, com vistas à assinatura do mesmo aditivo.

Continuaremos trabalhando pela saúde dos trabalhadores, pela empregabilidade e pela manutenção das atividades da construção. Contamos com a atitude firme das nossas associadas na mesma direção e nos colocamos à inteira disposição para colaborar no que for possível.

Forte abraço!

Diretoria do SindusCon-SP









Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br