Covid-19 e Influenza: Recomendações

Redação SindusCon-SP

Por Redação SindusCon-SP

Covid-19 e Influenza: Recomendações

Diante da alta transmissibilidade da variante ômicron da Covid-19 e da gripe H3N2, o Seconci-SP e o SindusCon-SP recomendam às empresas associadas e contribuintes que sigam as orientações do Ministério da Saúde, da Associação Médica Brasileira e da Sociedade Brasileira de Infectologia

De acordo com estas orientações, os funcionários que apresentarem sintomas como tosse, coriza, febre ou dor de garganta, ou que tiveram contato próximo com pessoas infectadas com Covid-19 ou influenza H3N2, devem procurar atendimento médico. 

O médico definirá o protocolo mais adequado para cada caso, preconizando isolamento e acompanhamento, e fornecerá um atestado. 

No Seconci-SP, seguindo as diretrizes das autoridades sanitárias e das entidades médicas, o atestado determina um afastamento de sete dias a partir de início dos sintomas

Findo este período e o funcionário não apresentando mais sintomas, ele pode voltar normalmente ao trabalho. Se apresentar sintomas, ele deve retornar ao médico para nova avaliação

O Seconci-SP e o SindusCon-SP acompanham atentamente a evolução dos casos de Covid-19 e influenza, bem como as orientações das autoridades sanitárias e entidades médicas, buscando a preservação da saúde e da produtividade em suas empresas associadas e contribuintes. 

São Paulo, 12 de janeiro de 2022 

Maristela Honda                                                                  Odair Senra 

Presidente do Seconci-SP                                               Presidente do SindusCon-SP 

O que você precisa saber.
As últimas novidades sobre o mercado,
no seu e-mail todos os dias.

Skip to content