Meio Ambiente

Construindo 2020: Meio Ambiente

Em 2020, o Comasp comemorará seus 20 anos de existência

Por Daniela Barbará 10/03/2020 10:44:48

Francisco Antunes de Vasconcellos Neto, vice-presidente do SindusCon-SP

Em 2020, o Comitê de Meio Ambiente (Comasp) do SindusCon-SP comemorará seus 20 anos de existência. Pioneiro no debate sobre meio ambiente e sustentabilidade na Construção Civil, o comitê trouxe para as empresas associadas os temas estratégicos como: áreas contaminadas, uso da madeira, eficiência energética, conservação de água e uso de fontes alternativas, gerenciamento de resíduos, análise de ciclo de vida, emissões de gases de efeito estufa e mudanças climáticas.

Responsável pela área de Meio Ambiente, Francisco Antunes de Vasconcellos Neto, vice-presidente do SindusCon-SP, e o coordenador do Comasp, Fabio Villas Bôas, anunciam que, em comemoração às duas décadas do comitê, o SindusCon-SP promoverá um fórum de discussões com importantes interlocutores do setor público, privado e instituições financeiras no dia 28 de maio. “O SindusCon-SP considera que a sustentabilidade é uma questão estratégica para o setor e trata este assunto de forma primordial para a competitividade das empresas”, destaca Vasconcellos.

Saiba quais serão as ações da área em 2020:

  • O Comasp continuará participando ativamente dos principais fóruns e manterá relacionamentos com representantes das esferas públicas municipais, estaduais e federais e com organizações estratégicas, nas quais são delineadas as decisões ambientais para o Estado de São Paulo e para o Brasil.
  • Com o objetivo de auxiliar na elaboração dos inventários para o setor da construção civil, será desenvolvida uma ferramenta online de Cálculo de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e Energia na Construção em parceria com a Agência Alemã para Cooperação Internacional (GIZ).
  • O Comasp continuará atuando no incentivo à eficiência energética, por meio do Grupo de Trabalho Fotovoltaico em parceria com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) e como membro do GT Edificações PROCEL.
  • Em relação aos eventos climáticos extremos, realizaremos ainda no primeiro semestre de 2020 um workshop referente aos seus impactos no setor imobiliário. O encontro abordará também os riscos econômicos, jurídicos, operacionais e de imagem.
  • No tema resíduos, no qual o SindusCon-SP foi desbravador e participou das principais discussões, seguiremos apoiando a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima) e a Cetesb na implantação do Sistema Estadual de Gerenciamento Online de Resíduos Sólidos (Sigor) – Módulo Construção Civil, nos municípios paulistas. Também daremos continuidade ao GT de Gestão de Resíduos de Pintura Imobiliária, buscando soluções para destinação dos resíduos de pintura, visando a logística reversa e economia circular.
  • Continuaremos atuando na busca de inovações na área de sustentabilidade para aplicações nos empreendimentos e nas obras, como o uso de madeira engenheirada, análise do ciclo de vida dos empreendimentos, entre outros.

Conservação de Água e Uso de Fontes Alternativas em Edificações

Fabio Villas Bôas, coordenador do Comasp do SindusCon-SP

O uso eficiente da água na construção civil permeia há anos os debates no SindusCon-SP, tanto em seu Comitê de Meio Ambiente (Comasp) quanto no Comitê de Tecnologia e Qualidade (CTQ).

Para manter sua tradição na liderança de temas relevantes em 2019 foram publicadas as normas ABNT NBR 16782 – Conservação de Água em Edificações, ABNT NBR 1673 – Uso de Fontes Alternativas de Água não Potável em Edificações e ABNT NBR 15527 – Água de Chuva, na qual duas foram coordenadas pelo SindusCon-SP no âmbito do CB002.

Com o objetivo de disseminar as normas que devem ser adotadas para os empreendimentos que tenham ações de sustentabilidade e certificações ambientais, foi publicado recentemente o Guia Orientativo das Normas de Conservação de Água, Fontes Alternativas Não Potáveis e Aproveitamento de Água de Chuva em Edificações, elaborado pelo SindusCon-SP e pela CBIC.

Também foi desenvolvido o Guia Metodológico para Inventários de Pegada Hídrica na Construção – Setor Edificações, uma realização do SindusCon-SP, em parceria com a Caixa Econômica Federal e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) com o objetivo orientar e padronizar a elaboração de Inventários de Pegada Hídrica.

Em continuidade à disseminação dos trabalhos desenvolvidos sobre o tema, o SindusCon-SP promoverá oficinas de capacitação e prosseguirá na divulgação das Normas.









Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br