Economia

Construção cria 36 mil empregos no país em outubro

Mas a sustentação do crescimento requer medidas para atrair investimentos, afirma o SindusCon-SP

Por Rafael Marko 26/11/2020 14:13:57

A indústria da construção brasileira criou novos empregos em outubro, pelo quinto mês consecutivo, depois de três meses de quedas. Os dados são do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados em 26 de novembro pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

A construção abriu 36.296 postos formais de trabalho em outubro, constituindo-se no quarto setor que mais elevou seu nível de emprego no mês, atrás dos serviços (+156.766 empregos), do comércio (+115.647) e da indústria (+86.426).

De acordo com Odair Senra, presidente do SindusCon-SP (Sindicato da Construção), “embora a economia esteja dando sinais de recuperação, uma manutenção sustentável do crescimento continua dependendo da adoção de medidas consistentes que sinalizem um caminho para o equilíbrio fiscal. Esta agenda precisa incluir reduções de gastos do governo, reforma administrativa e novas privatizações e concessões, o que certamente atrairá novos investimentos.”

Saldo positivo no ano

O saldo entre admissões e demissões na construção no acumulado do ano continua positivo. De janeiro a outubro, o setor criou 138.409 vagas, uma variação de 6,39%. Foi o setor que gerou o maior número de empregos nestes dez meses. Ao final de outubro, a construção empregava 2.307.759 trabalhadores com carteira assinada no país.

Já o saldo entre admissões e demissões entre todos os setores da atividade econômica no país resultou na abertura de 394.989 vagas em outubro. Entretanto, no acumulado do ano, persiste um saldo negativo: o fechamento de 171.139 vagas.

Por Estados

Das novas vagas abertas pela construção em outubro, 7.876 registraram-se no Estado de São Paulo.

Além de São Paulo, os Estados que mais geraram empregos no setor no mês foram Minas Gerais (5.909), Paraná (3.074), Bahia (3.007) e Rio Grande do Sul (1.794).









Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br



Horário de atendimento

seg-qui 08h00 às 18h00

sex 08h00 às 12h00

Rua Drº Bacelar, 1.043 | 5º andar

Vila Clementino,

São Paulo-SP,

04026-002

Tel (11) 3334-5600

sindusconsp@sindusconsp.com.br