Comasp debateu os principais temas ambientais que impactam os empreendimentos e as obras 

Daniela Barbará

Por Daniela Barbará

Comasp debateu os principais temas ambientais que impactam os empreendimentos e as obras 

O Comitê de Meio Ambiente do SindusCon-SP (Comasp) realizou no dia 30 de junho para os seus associados uma reunião virtual para discussão dos principais temas ambientais que impactam o setor e para a apresentação das soluções sustentáveis da Saint Gobain.

Odair Senra, presidente do SindusCon-SP reforçou a importância de debates que tratam de um tema de extrema relevância para o setor. Francisco Antunes de Vasconcellos Neto, vice-presidente do SindusCon-SP destacou a importância do trabalho desenvolvido há mais de duas décadas pelo Comasp e do tema da sustentabilidade para construção civil.

Fabio Villas Bôas, coordenador do Comasp ressaltou a importância para o setor da Informação Técnica (IT) Nº 033/IC/2020 da Cetesb que trata sobre o procedimento para destinação sustentável do solo limpo proveniente das obras da construção civil a aterros licenciados.

Lilian Sarrouf, Coordenadora Técnica do Comasp, apresentou aos participantes a CECarbon – Calculadora de Consumo Energético e Emissões de Carbono na Construção Civil, desenvolvida pelo SindusCon-SP em parceira com a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável – GIZ e a Secretaria Nacional de Habitação – SNH. A CECarbon é uma ferramenta online que auxilia o usuário na mensuração do consumo energético e das emissões de gases do efeito estufa decorrentes do uso de materiais, de transportes e do consumo de energia para execução de uma edificação dentro de uma perspectiva de ciclo de vida, de maneira fácil gratuita e confiável. “E também tem o propósito de ser um grande repositório de informações, que possibilita a criação de indicadores nacionais e que permite aos órgãos governamentais e agentes financiadores fazerem uso da ferramenta para o estabelecimento de requisitos de sustentabilidade para políticas públicas e financiamentos”.

Segundo Lilian, a calculadora, também pode ser utilizada para atender aos critérios da Portaria 959 do Ministério do Desenvolvimento Regional de 18 maio 2021, que dispõe sobre os requisitos para a implementação de empreendimentos habitacionais no âmbito da linha de atendimento Aquisição subsidiada de imóveis novos em áreas urbanas, integrante do Programa Casa Verde e Amarela. Em específico ao atendimento do requisito 3.2  Gestão da obra – II. Impacto ambiental: a) Utilização de ferramenta para cálculo da emissão de Carbono, para avaliação da emissão de Gases do Efeito Estufa (GEE).

Com o objetivo de promover a eficiência energética no setor, Vanessa Dias, analista de Meio Ambiente do Comasp ressaltou durante o encontro que o SindusCon-SP e a Eletrobras no âmbito do Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica) assinaram convênio que resultará na revisão de normas brasileiras, tradução de normas internacionais e desenvolvimento de um website sobre o tema com o objetivo de divulgar e  facilitar a troca de informações referentes à Eficiência Energética em Edificações . O convênio também tem o propósito de criar um Grupo de Estudos permanente de forma a manter as discussões sobre o tema de forma perene e atual.

Para estimular a logística reversa no setor, o SindusCon-SP, por meio do Comasp, assinou em 2020 um termo de cooperação com o Prolata estimulando à logística reversa de latas de aço pós-consumo nos canteiros de obras com parceiros na Grande São Paulo, fomentando a ampliação para todo o Estado.  As latas de aço pós-consumo são retiradas dos canteiros de obras e destinadas a siderúrgicas para serem utilizadas em seu processo produtivo. Todo esse processo não tem custo para o gerador e tem toda rastreabilidade necessária exigida pela legislação. “Para o Comasp, reutilizar e reciclar é deixar de consumir recursos naturais, estimular a inovação, investir em novos usos para os resíduos, novas tecnologias e especialmente um novo olhar para a reciclagem e logística reversa de seus resíduos”, pontuou. As obras interessadas em fazer a adesão podem entrar em contato com a Cristine Fulchini do Prolata no e-mail cristine@prolata.com.br ou no telefone (11) 3807-8868.

Vanessa também informou que em breve a AMLURB disponibilizará um novo formato para cadastro de Grande Gerador de Resíduos da Construção Civil. O cadastro e inclusão de documentos será totalmente online e não haverá mais a necessidade de entrega de documentação física, assim que definida a data para início desse novo formato será divulgado pelo SindusCon-SP.

Paula Petroni, gerente de Especificação técnica, Douglas Meirelles, gerente de Assistência técnica e Atendimento , Amanda Gomes, coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento apresentaram na ocasião as Soluções Sustentáveis Saint Gobain no quesito Pegada de carbono dos materiais, Ações e produtos que contribuem com as certificações ambientais  e Case de aplicações das soluções visando melhor desempenho ambiental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você precisa saber.
As últimas novidades sobre o mercado,
no seu e-mail todos os dias.

Skip to content