Caixa apresenta processo para agilizar análise de empreendimentos 

Redação SindusCon-SP

Por Redação SindusCon-SP

Caixa apresenta processo para agilizar análise de empreendimentos 

Sistema de atendimento centralizado da Caixa Econômica Federal para o fluxo de análises de empreendimentos, direcionado para o segmento empresarial e também para o varejo, implantado a partir de 2020, pretende ser referência no mercado de habitação. A mensagem foi apresentada pelos representantes da Caixa, no webinar realizado pelo SindusCon-SP, por meio de sua regional Campinas, no dia 6 de agosto, que contou com a participação de mais de uma centena de empresas do setor da construção civil.

 Na abertura da apresentação, o superintendente executivo da Agência Empresarial Campinas da Caixa, Ailton Silveira Borges, comentou sobre o momento de dificuldades, agravado pela pandemia da Covid-19 e a importância do setor de habitação, para ampliar seu papel estratégico na economia e sua função social.

 O vice-presidente de Habitação do SindusCon-SP, Ronaldo Cury, destacou a forte parceria da Caixa com as construtoras, principalmente no período de pandemia, e sugeriu o que chamou de um “telefone vermelho”, para que as empresas tenham a possibilidade de um atendimento direto e rápido com representantes do banco para tirar suas dúvidas, em razão de peculiaridades que existem em cada região.

 O diretor da Regional Campinas do SindusCon-SP, Márcio Benvenutti, ressaltou a participação no evento on-line, com a possibilidade de outras edições ao longo do ano com a Caixa, envolvendo também as Prefeituras, para que Secovi e SindusCon-SP possam sugerir ações para melhorar cada vez mais os processos. Benvenutti citou como exemplo de um tema a ser abordado, o programa Incorpora Fácil, implementado recentemente pela Caixa Econômica Federal.

Dados 

A Caixa informou que na região de Campinas, no primeiro semestre de 2021, foram R$ 2,9 bilhões de contratos PJ e 210 empreendimentos. Na abrangência da Caixa, a região de Campinas é a segunda maior do País em contratação pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), ficando atrás apenas da Grande São Paulo. Foram assinados no primeiro semestre de 2021 na região R$ 308.729.184,00 em contratos SBPE PJ.

A radiografia da operação Caixa, a busca pela agilização do processo e a oportunidade do webinar também propiciar um maior contato com as necessidades das construtoras foram destacadas pelo gerente da Filial Campinas, Marcelo Sporieder Salis. Ele comentou ainda sobre o selo ‘Casa Azul Caixa’, que obtido para cada empreendimento, pode “ser importante facilitador técnico em todo o processo”.

Referência de qualidade, tanto para as construtoras, como para os clientes que adquirem os imóveis. A afirmação é da superintendente executiva de Habitação Campinas da Caixa, Isadora Paiva de Moraes, ao justificar os principais objetivos desse novo processo de fluxo desenvolvido pelo banco. “Vamos buscar parcerias, inclusive com empresas que ainda não atuam conosco. A Caixa quer ser cada vez mais a incubadora das pequenas construtoras”, acrescentou a executiva.

Os representantes da Caixa detalharam os principais pontos do novo processo de análise dos empreendimentos e ressaltaram as metas para melhorar e agilizar a avaliação técnica, os objetivos em diminuir os gargalos que possam ocorrer no processo e dentro desse contexto, a disposição em ouvir as sugestões das construtoras.

O encontro virtual, promovido pelo SindusCon-SP, contou também com as participações de Olavo Faraco Jr. – gerente da Centralizadora de Atividades Técnicas de Habitação Campinas da CEF, Bruno Fakiani – diretor da FYP Engenharia – associada SindusCon-SP, e Rodrigo Luna – vice-presidente de Habitação Econômica Secovi-SP.

Com informações da Roncon & Graça Comunicações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você precisa saber.
As últimas novidades sobre o mercado,
no seu e-mail todos os dias.

Skip to content